BRINCOMAT

"A Matemática é o alfabeto com o qual Deus escreveu o Universo"

Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

BOAS FÉRIAS!

Neste ano trabálhamos, brincámos e aprendemos coisas novas. Tudo isso está representado neste blog, esperamos que tenham gostado.

Depois de muito trabalho, é tempo de descansar e...  

 

 

de recarregar baterias... 

 

 

 

A todos os elementos da Comunidade Educativa desejamos...

 

 

publicado por brincomat às 19:21
Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

Regra de três

A regra de três (ou de três simples) tem origem na Índia, alguns autores vêem-na descrita, pelo menos rudimentarmente, nos versos hindus Vedanga  Jyotisa, para uns do período de 1370 a 1150 a.C., para outros de 500 a.C. (Sarma, 2002):

O resultado conhecido deve ser multiplicado pela quantidade requerida e dividido pela quantidade para a qual o resultado conhecido é dado. 

 

No entanto, o seu desenvolvimento, na Índias, só se dá a partir do século V d.C. A regra era conhecida na China no século I d.C. e foi introduzida no mundo árabe por volta do século VIII. Na Europa da Idade Média era conhecida por regra de ouro, onde, ela ou as regras de ela derivadas, foram utilizadas para resolver todo o tipo de problemas derivados da actividade comercial. Era de tal forma importante, que todos os mercadores da alta Idade Média a utilizavam e ocupava 20% dos livros de aritmética dos mercadores de então (Smith, 1926, 1958). 

O facto de ela ter sido pela primeira vez enunciada na Índia não quer dizer que outras civilizações, como a Egípcia ou a Babilónica não a tenham utilizado na resolução de problemas, mas a sua matemática não envolvia a explicitação de regras apenas a resolução de problemas sem nenhuma explicação teórica ou enunciação de processos para os resolver.

 

publicado por brincomat às 19:04
Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

O que é um número capicua?

Um número é capicua quando lido da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda representa sempre o mesmo valor, como por exemplo 77, 434, 6446, 82328.

 

 

 Para obter um número capicua a partir de outro, inverte-se a ordem dos algarismos e soma-se com o número dado, um número de vezes até que se encontre um número capicua, como por exemplo:


Partindo do número 84:

84+48=132;

132+231=363, que é um número capicua.

 

 

publicado por brincomat às 18:54
Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

Números Racionais

Número racional é todo o número que pode ser representado por uma razão (ou fracção) entre dois números inteiros.

O conjunto dos números racionais é representado por ℚ, o uso da letra é derivada da palavra inglesa quotient, cujo significado é quociente.

 

 

 

Diagrama de alguns subconjuntos de números reais.

 

Os números racionais opõem-se aos números irracionais.

Para representar o conjunto dos racionais positivos podemos usar Q + e para representar o conjunto dos números racionais negativos podemos utilizar Q-. O número zero também faz parte do conjunto dos racionais.

Há quatro formas de se apresentarem os números racionais: Fracções (próprias ou impróprias), números mistos (que é uma variação das fracções impróprias), números decimais de escrita finita e, por fim, as dízimas, que são números decimais em cuja escrita aparecem períodos numéricos infinitos. Eis alguns exemplos:

  • Fracção:7/5;
  • Número misto:
  • Números decimais de escrita finita: 8,35;
  • Dízimas: 8,(23); 1,23(5); 7,23(965);...
publicado por brincomat às 18:47
Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

Eratóstenes

Eratóstenes

            Da importante escola de Alexandria, na Grécia, juntamente com Arquimedes e Euclides, Eratóstenes foi um estudioso, que nasceu no ano 275 a.C. Foi matemático, geógrafo, astrónomo, atleta e poeta, tendo as funções de animador da biblioteca de Alexandria.

            O seu trabalho mais notório foi ter calculado a medida do perímetro da Terra com valores muito próximos das actuais medições dos satélites artificiais.

            Curioso também foi o seu trabalho sobre números primos: através de uma simples tabela, facilmente se determinam os números primos.

 

 

O crivo de Eratóstenes

            Também tu podes descobrir os números primos menores que 100. Segue as instruções:

            1 – Copia o quadrado com os números até 100, para uma folha.

            2 – Com o lápis circunda o número primo 2.

            3 – Corta todos os múltiplos de 2 (não são primos).

            4 – Faz o mesmo para os números primos seguintes: 3, 5, … e para os seus múltiplos.

            5 – Quando terminares, faz um círculo à volta dos números que ficaram: são os números primos até 100.

publicado por brincomat às 18:43

mais sobre mim

Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

links

pesquisar

 

melodia


matemáticos curiosos

subscrever feeds